Downloadhttp://bigtheme.net/joomla Joomla Templates

Perseverança na fé diante das tribulações Rm 5

Rm 5:3 Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; 4 a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. (expectativa do bem)

5 E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu.

6  De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios.       

7 Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer.

8 Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.

9 Como agora fomos justificados por seu sangue, muito mais ainda seremos salvos da ira de Deus por meio dele!

10 Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida!

 

INTRODUÇÃO

a) Paulo escreve aos romanos exortando-os a perseverança na fé e mostrando que mesmo quando éramos inimigos de Deus, ainda assim ele morreu por nós, agora sendo lavados pelo sangue de Jesus, nós nos encontramos em uma melhor posição; de salvos, nação santa, geração eleita, propriedade exclusiva do senhor.

b) Falar sobre o antes e depois de Cristo em minha vida (Cristo dividiu a história mas também dividiu a minha vida em ante e depois dEle)

c) Muitas pessoas estão se convertendo a Jesus nos últimos tempos e o evangelho tem crescido, mas nem todos conseguem perseverar na fé até o fim.

d) Geração dengosa e melindrosa: Falar as dificuldades que os nosso pais e avós passaram e fazer analogia com esta geração;

e) Você já viu alguém se desviar da fé em cristo Jesus? Você já teve me do de se desviar da Fé? Pedro Fala(2Pe 2:19) Prometendo-lhes liberdade, eles mesmos são escravos da corrupção, pois o homem é escravo daquilo que o domina.   20Se, tendo escapado das contaminações do mundo por meio do conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, encontram-se novamente nelas enredados e por elas dominados, estão em pior estado do que no princípio.    21Teria sido melhor que não tivessem conhecido o caminho da justiça, do que, depois de o terem conhecido, voltarem as costas para o santo mandamento que lhes foi transmitido.    22Confirma-se neles que é verdadeiro o provérbio: "O cão voltou ao seu vômito" e ainda: "A porca lavada voltou a revolver-se na lama".

 

DESENVOLVIMENTO

1. Paulo começa falando por quem Cristo morreu:  8 Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.

1.1 Cristo morreu pelos pecadores;

1.1.1 A palavra diz que éramos inimigos;

1.1.2 Os profetas de Deus eram perseguidos e mortos;

1.2 Deus não desistiu do plano de redenção eterna do homem;

1.2.1 Você pode desistir de Deus a hora que quiser;

1.2.2 Deixa claro que não desistirá jamais dos que perseveram na fé;

Ele não desistiu de você quando você era uma pecador, vai desistir de ti agora que você foi lavado pelo precioso sangue do Seu Filho.

 

2 A vida Cristã é uma caminhada;  2Tm 4:7-8a Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça... (só agora)

2.1. A conversão é apenas o inicio de uma jornada.

2.1.1 Exige Perseverança

2.1.2 A experiência que é obtida através da aprovação ao passar por uma situação;

2.1.3 Esperança é expectativa do bem. Agora uma expectativa madura.

2.2. Não devemos julgar a posição espiritual dos outros; (1Co 10:12 ) Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!

2.3. Carrera feita de Alto e baixo espiritual;

2.3.1 Elias passou por altos e baixos;

2.3.2 Davi passou por altos e baixos;

 

3. O cristão e as tribulações

3.1. Jesus disse: (Jo 16:33) Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

3.2. Paulo se gloriava nas tribulações; (Cl 1:24) Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja;

3.3. Os discípulos se gloriavam nas tribulações; (At 5:41) Retiraram-se, pois, da presença do conselho, regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus.

3.4 As tribulações tem o papel de nos fazer crescer em fé, aperfeiçoa nosso caráter, e nos dá oportunidades de testemunharmos o amor de Deus.

3.4.1 Paulo alista as Tribulações como uma das bênçãos da salvação

3.4.2 A palavra “tribulação” refere-se a todo tipo de provação: necessidades materiais, circunstâncias     difíceis, tristeza, enfermidade

3.4.1. Não desanime de orar nas tribulações, não desanime de ler a palavra de Deus.

3.4.2. Não Ponha a culpa em Deus nem fique chateado com Ele (isso seria uma terrível Ingratidão).

3.4.3. Não ponha em dúvida o desejo de Deusa na sua salvação.

 

4. Deus está derramando o Seu Amor

4.1 Derramou seu amor na cruz

4.1.2 Despiu-se de toda a glória, passou por todas as aflições;

4.2 Derramou seu amor através do Espirito Santo.

4.2.1 Ele é o penhor da salvação.  Ef 1:13 Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; 14 O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.

4.3 Ele nos amou primeiro

 

APLICAÇÃO

Exercitar a Gratidão: através da adoração

Exercitar a Perseverança: através da fé

Provar do amor de Deus: através da Graça (morte de Jesus e derramar do Espirito Santo)

 

CONCLUSÃO

Promessa de Deus para nós:  (2Co 1:7) E a nossa esperança acerca de vós é firme, sabendo que, como sois participantes das aflições, assim o sereis também da consolação.

Paulo orienta Timóteo:  (2Tm 2:3) Tu pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.