Downloadhttp://bigtheme.net/joomla Joomla Templates

Jesus Cura uma Mulher Presa por Satanás

 

Lucas 13:10-17   10 E ensinava no sábado, numa das sinagogas.        11E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; e andava curvada, e não podia de modo algum endireitar-se.        12E, vendo-a Jesus, chamou-a a si, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade.        13E pôs as mãos sobre ela, e logo se endireitou, e glorificava a Deus.

                                                                                                        

INTRODUÇÃO

Essa é outra cura de Jesus num sábado (dia santo), por isso ofendeu os lideres religiosos;

Naquele tempo a regra dos rabinos é que um médico só poderia atender alguém enfermo somente se a pessoa corresse risco de vida;

Após a pregação da palavra o chefe da sinagoga quis dar o que chamamos (sabão) em Jesus.

Jesus como Deus tinha criado o sábado e não estava preso a esta regra;

Isaias profetizou a cerca destas coisas: Is 28,10-13 Porque é mandamento sobre mandamento, mandamento sobre mandamento, regra sobre regra, regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali. 12 O qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir.

Tanto a Graça de Deus como a cegueira do legalismo são representados nesse milagre;

 

A mulher: Esta foi mencionada como “filha de Abraão”, não uma referência a sua descendência, mas a sua fé como a de Abraão.

O chefe na sinagoga: Seu dever era manter a ordem nos cultos sabáticos, sua reação diante da libertação da mulher foi típica das pessoas descritas em Is 28,10.

Multidão: Diferente dos lideres religiosos viram o que Jesus fazia e se alegraram.

 

DESENVOLVIMENTO

1.  Como era o dia a dia daquela mulher.

1.1 Na casa de Deus Havia uma mulher a 18 anos sendo oprimida pelo Diabo;

1.2 Não podia se endireitar por suas próprias forças;

1.3 Esta mulher podia olhar apenas para o chão, não podia olhar para frente em quem dirá para o alto, para Deus;

1.4 Por isso ela também sofria de uma limitação quanto a sua visão (Aplicar aqui ao espiritual)

1.5 Não podia trabalhar e nem se sustentar, ela poderia ser uma pedinte ou uma pessoa sustentada por seus familiares;

1.6 Por termos muitas informações sobre como era sua vida permite-nos identificarmos com ela.

1.7 Dificilmente ela poderia ser uma vida em família, ter uma marido ou filhos;

1.8 A sua vida social também estava comprometida, onde ela deveria se sentir constrangida, envergonhada, talvez até abandonada por Deus;

 

2. Qual a causa do seu encurvamento?

2.1 Os judeus costumavam a associar enfermidades ao pecados; (algum tipo de maldição lançada por Deus)

2.2 Não era Deus que oprimia aquela mulher;

2.3 Ela não nasceu com aquela deficiência física;

2.4 Jesus deixou claro que aquela enfermidade era causada pelo Diabo;

2.5 Possessão Vs Opressão;

2.6 Essa mulher não era pagã mas uma filha da promessa em Abraão

2.6 Estamos vivendo dias em que banalizamos a ação do inferno contra nossas vidas;

2.7 (1Jo 3:8 ) Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do diabo.

          (1Pe 5:8) Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;

          (Jo 10:10) O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

3. Quem são as pessoas encurvadas nos nossos dias?

3.1 Aquele colega de trabalho que está com seu casamento destruído andando pelos cantos gritando dentro de si por socorro!  Mas esta impedido pelo diabo de olhar para Jesus.

3.2 Aquele seu familiar que se envolveu com as drogas e tenta se liberta pela sua própria força, mas se Jesus não entrar em sua vida ele não vai conseguir

3.3 Aquele seu vizinho que está enfermo e o médico já disse: “Daqui para frente eu não posso fazer mais nada”

3.4 2Co 4:4 Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

         Mt 5:13 Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

         Rm 8:19 Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. (toda criação inclusive o homem)

3.5 Até nos dias de hoje o chefe da sinagoga (a religiosidade) tem nos impedido de nos manifestarmos como filhos de Deus

 

4. Quais são as áreas da nossa vida que estão encurvadas?

4.1 Sua saúde

4.2 Sua Familiar

4.3 Sua vida com Deus

4.4 Seu chamado ministerial

4.5 Sua vida financeira

4.6 Este encurvamento não é para morte, mas Satanás tem oprimido não permitindo que você alcance o propósito de em sua vida.

4.7 (Mt 17:20) se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. 21 Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.

         (Ef 6:12) Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

 

5. Jesus quer nos Libertar

5.1 Vejam que aquela mulher não pediu para ser curada, mas Jesus olhou para ele e teve compaixão, e resolveu por fim a todo aquele sofrimento;

5.2 O que aconteceu naquela sinagoga naquele dia foi uma batalha espiritual (O poder de Satanás foi subjugado pela autoridade Jesus);

5.2 O ministério de Jesus na terra foi tríplice:Ele ensinava, curava, e expulsava as hordas das trevas.

5.3 Jesus disse: (Lc 4:18-19 ) O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, 19 A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor. 21 Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.

      

APLICAÇÃO

1. A grande comissão de Jesus a nós foi: Mc 16:17-18 E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;  18 Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.

2. Precisamos conhecer quais as armas que temos a nossa disposição. (2Co 10:3-4) Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne.  4 Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;

3. Mas antes de resistirmos ao diabo temos que nos sujeitar a Deus: Tg 4:7  Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tg 4:8 ) Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações.

4. Precisamos ser cobertos pelo sangue de Jesus: (1Jo 1:7 )Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.

 

CONCLUSÃO

Só conquistamos autoridade quando subjugamos a inimigo. E isso Jesus já fez por nós