Downloadhttp://bigtheme.net/joomla Joomla Templates

Deus cuida de nós - Salmo 113

5 Quem é como o SENHOR nosso Deus, que habita nas alturas?   6 O qual se inclina, para ver o que está nos céus e na terra!   7 Levanta o pobre do pó, e do monturo levanta o necessitado,  8 Para o fazer assentar com os príncipes, mesmo com os príncipes do seu povo. 9 Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao SENHOR.


INTRODUÇÃO

Este salmo é de puro louvor, e contém muito pouco que requer ser exposto; um coração ardente, cheio de adoração admiradora pelo Altíssimo. Seu tema é a grandeza e a bondade do Deus de Israel, como se mostra ao levantar os necessitados de sua baixa condição. Este salmo começa o Halel (série de salmos que começam com "Aleluia"), ou seja, o Aleluia dos judeus, que era cantado em suas festas solenes,  o Talmude frisa a adequação especial do Halel à Páscoa, "visto que não só recorda a bondade de Deus para com Israel, como especialmente seu livramento do Egito, e por isso começa apropriadamente comperad "Louvem, ó servos do Senhor, louvem o nome do Senhor!" - e não mais servos de Faraó". Suas alusões aos pobres no pó e necessitados no monturo de esterco estão de acordo com Israel no Egito, como também a referência ao nascimento de numerosas crianças.

 

DICAS PARA O PREGADOR
O salmo todo. O salmo contém três partes:
1. Uma exortação aos servos de Deus para louvá-lo.
2. Uma forma de como e onde louvá-lo, versículo 2,3.
3. As razões para convencer-nos disso.
(a) Pelo seu infinito poder, vs 4, 5.  (b) Sua providência, no céu e na terra, vs6.

I - AS REPETIÇÕES MOSTRAM
     VS.1: Louvai ao SENHOR. Louvai, servos do SENHOR, louvai o nome do SENHOR.

A. A importância do louvor. Nossa obrigação de rendê-lo.  A existencia da relutância. O vigor e freqüência com que deve ser realizado.
B. Pelo que é devido: Por todos os nomes descritivos daquilo que ele é em si e para seus servos.

C. Vers. 1 e 9. Louvem o Senhor, Comece e termine a vida com isso, e faça o mesmo com o serviço santo, o sofrimento paciente e tudo mais.
     VS. 2.Seja bendito o nome do SENHOR, desde agora para sempre. 

D. É tempo de começar a louvar: "desde agora".
E. Não existe hora de deixar de louvar: "e para sempre". Nenhum motivo se pode supor nem desculpar.

   VS. 3.Deus é para ser louvado: Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja louvado o nome do SENHOR.
F. O dia todo.  No mundo todo. Publicamente, Entre os afazeres diários. Sempre - porque é sempre dia em algum lugar.
G. Horas canônicas foram abolidas. Lugares sagrados foram abolidos - visto que nem sempre podemos estar neles. Todo horário e lugar pode ser consagrado.

II - QUEM É COMO O SENHOR NOSSO DEUS, QUE HABITAS NAS ALTURAS?  

VS. 5-6.
A. A grandeza de Deus como vista aqui de baixo, v. 5.
B. A Disposição de Deus como vista lá de cima, v. 6.

  • Na criação.   Na encarnação.    Na redenção.

    VS. 5-6. A Disposição de Deus não tem paralelos.
C. Ninguém é tão grande, e portanto capaz de se abaixar tanto.(se fazer homem)
D. Ninguém é tão bom, e portanto tão disposto a alcançar tão pouco.
E. Ninguém é tão sábio, e portanto tão capaz de "ver" ou conhecer as necessidades das pequenas coisas.
F. Ninguém mais é infinito, e portanto capaz de perdoar a menor ofensa.

III - O QUAL SE INCLINA, PARA VER O QUE ESTÁ NOS CÉUS E NA TERRA!
A. O fato dele se inclinar demonstra que Ele não está, indiferente.

·         Nossas lutas

·         Nossas humilhações

·         Nossas Misérias

·         Inclusive nas pequenas coisas;

·         Nossas dificuldades

·         Mas também nossos erros

·         Nossos pecados

B. Demonstra preocupação
C. Nesta semana vi a mão de Deus agindo em muitas situações, em que é impossível não dizer que foi Deus quem trouxe o livramento.
C. O mesmo Deus governa nos céus e na terra.
D. Ambas as esferas dependem para sua felicidade dele os observar.
E. Ambas apreciam a sua consideração.
F.
Todas as coisas feitas nelas estão sob a sua inspeção

IV - LEVANTA O POBRE DO PÓ, E DO MONTURO LEVANTA NO NECESSITADO
7 Levanta o pobre do pó, e do monturo levanta o necessitado,  8 Para o fazer assentar com os príncipes, mesmo com os príncipes do seu povo. 9 Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao SENHOR.
A.
Como Deus age em nossa vida

·         Seu olho especial nos pobres.

·         Onde os homens estão? No pó da tristeza, no monturo do pecado.

·         Quem interfere para ajudá-los? Aquele que habita o alto.

·         O que ele efetua para eles? "Levanta, coloca-os com príncipes, entre os príncipes do seu povo".

·         Uma feliz mãe de filhos, É uma alegria ser mãe, mas o texto também fala de frutificar. Vs 9

·         Um Deus do lar ou Deus no Lar: "Ele faz". Você tem filhos? É de Deus. Você já perdeu filhos? É de Deus. Você não tem filhos? É de Deus. Vs 9

B. Em qual circunstância Deus não estaria cuidando de nós?

APLICAÇÃO
1. Deus supre as necessidades básicas dos seus filhos.

Foi o próprio Jesus quem garantiu, em Mateus 6.31-32: “Não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? Ou: Que havemos de beber? Ou: Com que havemos de vestir... Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso”.

Tranqüilize seu coração: DEUS CUIDA DE VOCÊ (E DE MIM)

2. Deus conduz os seus filhos.

"Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome" - vs. 2-3.

Um bom pastor jamais deixava de conduzir suas ovelhas. Sempre à frente, garantia-lhes a segurança.

Isaías afirma(58.11): “O Senhor te guiará continuamente, e te fartará até em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca falham”.
Para issto precisamos aprende a vir o Senhor

3. Deus protege os seus filhos

4. Deus mantém com seus filhos uma relação de amizade.

5.  Deus age com bondade e misericórdia para com seus filhos – Sl 23 vs. 6.

"Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias".

 

Is 64:4 Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.
I Pe 5:7 Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.


ILUSTRAÇÃO


CONCLUSÃO
O Talmude é o Livro Sagrado dos judeus, um registro das discussões rabínicas que pertencem à lei, ética, costumes e história do judaísmo.O Talmude tem dois componentes: a Mishná, o primeiro compêndio escrito da Lei Oral judaica; e o Guemará, uma discussão da Mishná que frequentemente abordam outros tópicos, e são expostos amplamente no Tanakh

1 Louvai ao SENHOR. Louvai, servos do SENHOR, louvai o nome do SENHOR.    2 Seja bendito o nome do SENHOR, desde agora para sempre.  3 Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja louvado o nome do SENHOR. 4 Exaltado está o SENHOR acima de todas as nações, e a sua glória sobre os céus.  5 Não há ninguém como o Senhor, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas, 6 mas se inclina para ver o que há no céu e na terra.  7 Ele livra da humilhação os pobres e tira da miséria os necessitados; 8 ele faz com que eles sejam companheiros de governantes, dos governantes do seu povo. 9 Ele faz com que a mulher que não tem filhos seja respeitada no seu lar e a torna feliz, dando-lhe filhos. Aleluia!