Downloadhttp://bigtheme.net/joomla Joomla Templates

Temos 12 visitantes e Nenhum membro online

Poços Estulhoados Para Adoração

poços
Jo 4:11-14 Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva?
És tu maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado?
Jesus respondeu, e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.

 

Nos dias do antigo testamento uma das formas de uma pessoa destruir o seu inimigo era cortar as suas fontes de recursos naturais, neste caso a água. Assim a pessoa atacada não teria como saciar a sede de seus animais e empregados, e sem água nada que existe na terra pode sobreviver. Podemos ver isto em Gn 26:18, onde os filisteus entulharam os poços que pertenciam a Isaque, e que foram cavados nos dias de Abraão seu pai. Eles tiveram essa atitude no intuito de enfraquecê-lo, pois a mão do Senhor era com ele e a cada dia ele se tornava mais poderoso.

 

No novo testamento no evangelho de João, temos o exemplo de uma pessoa que teve o seu poço entulhado, a mulher samaritana, sua vida espiritual estava destruída e a sua adoração a Deus estava morta, assim como a sua vida pessoal. Você pode imaginar o porque?


No período dos Reis de Israel, a nação cometeu todo tipo de pecado contra o Senhor, então Deus permitiu que a mesma fosse levada em cativeiro pelos Assírios, mais tarde o rei da Assíria renovou a população de Israel, trazendo pessoas da Babilônia, Cuta, Ava, Hemate e de Sefarvaim. No livro de II Reis Capítulo 17 a bíblia relata que cada povo fez os seus próprios deuses e seus santuários.
Em meio a esses acontecimentos você pode visualizar o cenário espiritual de Israel 719 anos depois do cativeiro? Creio que o contexto espiritual em Samaria naquela época fosse muito parecido com o da Ìndia de hoje.

A mulher samaritana vivia num ambiente em que o significado de adoração estava completamente deturpado, dentro dela havia a dúvida sobre qual o verdadeiro lugar para a adoração, mas também a dúvida sobre qual o verdadeiro deus a ser adorado. Seu poço foi sendo entulhado durante toda a sua vida, pelas frustrações, pelas falsas religiões, falsas formas de adoração, pelo legalismo, que não preenchiam o seu vazio. Percebemos que ela estava sedenta, e quando Jesus diz que Ele poderia dar-lhe água viva ela rapidamente responde: Senhor dá-me dessa água.

Meu irmão, Jesus veio desentulhar os poços da sua vida. O que tem lhe impedido de adorar a Deus? O pecado, a religiosidade, a idolatria, as raízes de amargura, sua auto-suficiência. Peça a Jesus para lhe mostrar o que tem te tirado da presença do Senhor

Jesus pode transformar a sua vida, para isto basta que você beba da água que ele lhe oferece e então tornar-se a uma fonte de vida a jorrar. Isto é, uma pessoa que ganha almas para Deus, um agente de transformação do meio em que vive.

Palavra do Boletim 12/07/2009

{simplepopup}{/simplepopup}